Segunda-feira, 30 de Abril de 2007
São tudo o que de mais importante tenho. Dão-nos tanto, mas também querem tanto em troca. Por vezes é esgotante. Mas é sempre gratificante.

Isto tudo, vem a propósito de um episódio que se passou ontem com a minha filha de 10 anos.

Como qualquer menina de 10 anos, está a entrar na pré-adolescência. E posso dizê-lo, com algum orgulho, de uma forma muito engraçada. Foi sempre uma menina muito madura e responsável para a idade, e tal característica está a manter-se.

No fim-de-semana, esteve na nossa casa, uma amiguinha dela. E, sem querer, ouvi uma conversa entre elas que achei deliciosa (até porque a minha filha me estava a elogiar, e fiquei babosa).

Não sei como a conversa entre elas começou, mas pelo  que ouvi, percebi que a amiguinha se estava a queixar da mãe. E a minha filha respondeu-lhe, que tinha muita sorte, porque a mãe dela (Eu), era uma mãe fantástica. Que lutava com ela pelo eu sonho (quer ser bailarina), que deixava tudo para trás, para estar com ela e a acompanhar nas suas andanças (pela dança). E que fazia imensos sacrifícios para lhe dar aulas com os melhores professores e que nunca reclamava de estar horas sem fim à espera que as aulas terminassem.

Ao que a amiguinha lhe respondeu: -Tens mesmo muita sorte. Eu gostava muito de ter uma mãe assim.

Escusado será dizer, que fiquei com muita vontade de entrar e de lhe dar um grande abraço. De lhe dizer que ficara feliz, por ela perceber o que faço por ela.

Sou uma mãe cheia de sorte.

sinto-me: Feliz da Vida

publicado por sopro-do-coracao às 12:45
Sabe tão bem quando os nosso filhos nos fazem este tipo de elogios, não é? Gosto muito de ler o seu blog e espero que isso entre vocês dois se resolva. Muita força e para a frente é que é o caminho.
Mãe da pitukinhas a 18 de Maio de 2007 às 19:27

Muito obrigado pelo comentário.
É bem verdade o que diz, faz um bem terrível ao ego. Deixa a nossa auto-estima nas nuvens.

Ser mãe é a melhor coisa do mundo!

As coisas já estão a andar no bom caminho. Vão devagar, mas vão. Aliás, é com passos lentos mas seguros que se trilha o melhor caminho.


Desabafos de uma mulher de 30 e tal anos que agora já está nos entas
mais sobre mim
Abril 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29


pesquisar neste blog
 
blogs SAPO