Sexta-feira, 04 de Maio de 2007
Há coisas que não consigo compreender. E o sentimento de posse que os pais têm em relação aos filhos é uma delas. Eu sou mãe e não encaro as coisas assim. Não vejo os meus filhos como meus pertences. São obviamente meus, no sentido em que saíram de mim. Mas, não os encaro como minha propriedade. E aceito que tenham as suas vidas de modo autónomo (bem, se calhar digo isto porque ainda são pequenos -4 e 10 anos- mas acho que não).

Eu vejo, e sinto, bem esse sentimento em relação a mim (e ao meu marido também, por parte dos pais dele). E penso que se calhar é de ser filha única (o meu marido também é).

Adoro os meus pais, mas, eles acham, e sempre acharam, que porque sou filha deles e porque me ajudam, que tenho que estar 24 horas disponível para eles. Que posso prescindir da minha vida para resolver os problemas deles, pois estes são sempre prioritários. E quando tento explicar que não é possível, que tenho outras coisas para fazer, nomeadamente trabalhar, resolver problemas dos meus filhos (eles ainda não conseguem resolver os deles sozinhos), alimentar-me, ou pura e simplesmente dormir (já não falo em estar um pouco de tempo com o meu marido, ou sair com os meus amigos), sou imediatamente uma má filha, uma filha mal agradecida e mais um sem número de coisas do género (os meus sogros fazem exactamente os mesmo).

Sinceramente, fazem-me lembrar em muito o meu filho de 4 anos, que quando é contrariado, me diz imediatamente , "a mãe, é má".

Será de ser filha única, ou os pais todos assim?

Já começo a ficar farta de tudo isto. Eu só tive dois filhos, não seis.



sinto-me: Furiosa
música: iris - goo goo dolls

publicado por sopro-do-coracao às 13:39
olá , espero que não te incomodes por aqui ter passado...mas é só pra dizer que nem todos os pais são assim...os meus pais quando me pedem algo que para mim é dificil de realizar eles dizem logo..."se puderes!!" "se não podes , não podes, esquece!"
sei que me compreendem e não são egoístas!
Já em relação aos "nossos" filhos, sim porque eu tenho uma filha de 9 anos...aí eu já acho que se calhar ...a protejo demais , a prendo...não sei !Se calhar proiboa de fazer coisas que as coleguinhas já fazem!!enfim é o meu tesourinho!!!

mavovida


flor_incognita.blogs.sapo.pt
m.a.v.o. a 5 de Maio de 2007 às 09:06

Ainda bem, que não são todos assim. Mas pelo que conheço são a maioria.

Somos ensinados que devemos estar sempre disponíveis para os nossos progenitores, eu, tal como tu não concordo, acho que como bom senso deveremos estar disponíveis para ajudar as pessoas que nos são chegadas, mas não vivemos para eles. Não sou filho único mas penso como tu...
gomesh a 8 de Maio de 2007 às 15:38

A tarefa mais difícil do mundo???
Educar!!!
Deixo-te um presente:
http://aspalavrasnuncatedirei.blogs.sapo.pt/51550.html
aspalavrasnuncatedirei a 22 de Maio de 2007 às 13:57

Nem todos os pais são assim...mas também isso não é necessariamente um problema de ser filha única.
O meu pai é uma pessoa dificílima nesse aspecto, e em outros, e nós somso 2 filhos...Ainda dizem q é difícil ser pai/mãe...Para alguns ser filho é que não é nada fácil! :- S
Anónimo a 23 de Agosto de 2007 às 23:17

Desabafos de uma mulher de 30 e tal anos que agora já está nos entas
mais sobre mim
Maio 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
24
25
26

27
28
29
30


pesquisar neste blog
 
blogs SAPO