Terça-feira, 21 de Agosto de 2007
Quando começamos a trabalhar num novo local, é suposto existir um período de adaptação ao novo local, aos novos colegas, ao novo trabalho, aos novos métodos, enfim... a um sem número de coisas.

Ora, esse período, é tanto ou mais longo, conforme a exigência das funções. Por isso mesmo, é que existem diversos prazos de período experimental, conforme o tipo de contrato de trabalho, que se elabore entre as partes. E, segundo julgo saber, esse período nunca é inferior a 15 dias.

Acontece, que me sucedeu, algo de muito estranho. Já para não falar de irreal.

Sou TOC , e mudei de local de trabalho, tendo iniciado a minha actividade nesse outro local, ontem. Ora, e como primeiro dia de trabalho, que foi, passei grande parte da manhã em conversa com o chefe, tendo sido conduzida ao meu local de trabalho, já bem perto da hora de almoço. Foram-me explicadas, algumas regras básicas do funcionamento das coisas. Assim, como me foi atribuído algo para fazer.

Fiz o que tinha a fazer, parei muitas vezes para questionar sobre uma ou outra coisa, sobre as quais tinha dúvidas. E chegado ao final do meu dia, vim para casa. Hoje, voltei, e retomei as actividades do dia anterior. Já fiz menos questões, mas ainda fiz algumas.

Bem, até aqui, nada de anormal. dirão vocês...Pois é... mas o "melhor", estava ainda para acontecer...

Hoje, depois da hora do almoço, fui interpelada pelo meu chefe, que me comunicou que estava dispensada, pois não estava a dar o rendimento esperado.

Mas que raio de rendimento, é esperado que alguém dê num dia e meio de trabalho? Alguém me explica!!!!

O que é suposto fazeres nos teus primeiros dias de trabalho, para dares o rendimento esperado????

Bem, e posto isto só me resta dizer que...

ESTE BATEU TODOS OS RECORDES DE VELOCIDADE!!!!

sinto-me: Desorientada

publicado por sopro-do-coracao às 17:43
Que me dizes Amiga?!
Lamentavelmente ainda existe gente doida!
Não desanimes.
Beijinho enorme
asincertezasdeumaamante a 22 de Agosto de 2007 às 09:32

Deixa lá... também não ias querer um chefe assim...

Bjo
Sorrisoduplo a 22 de Agosto de 2007 às 09:43


~
Boa tarde, amiga.

Realmente, acho k tens razao. Mas as razoes de tal comporamento nao serao outras. Talvez um pequeno telefonema exterior. Não sei. Às vezes acontecem certas coisas realmente estranhas, k depois de analisadas, nada teem de estranho.
Amiga disseste k foste ao meu blog e deixaste la um coment. Mas eu nao vi la nada. Nao te teras enganado?
estreladosul.blogs.sapo.pt

Beijinho amigo

Mário Rodrigues
estreladosul a 22 de Agosto de 2007 às 15:00

Bem, isso é surreal!!!!
Já acho uma parvoíce nos respondem com modos enfastiados quando se está há pouco tempo no emprego (é o meu caso), sobre uma dúvida de algo q só vimos fazer, e ainda não se meteu mãos na massa, ou qualquer outra situação á qual ainda não nos habituamos pela falta de pratica/habito...mas isso aí, supera!
Leitora a 23 de Agosto de 2007 às 23:06

Cara Cristina,
Regressada de férias vim espreitar o seu blog e dei logo de caras com mais esta maravilha da sociedade portuguesa actual. Na verdade, não me admiro que lhe tenha acontecido tamanha barbaridade face ao cada vez maior número de "criaturas" que nem merecem a designação de humanos com que nos cruzamos diariamente!Com um enteado a iniciar em breve o 10º ano de escolaridade, quando me deparei com a necessidade de optar entre a via profissionalizante ou a académica, optei pela 2ª mas receio vir a arrepender-me.É que entre vir a ser engenheiro informático ou um mero técnico, não sei se no futuro não será melhor ser menos qualificado...Tenho 3 primos/as licenciados, na casa dos 30 anos, todos desempregados ou sub-empregados e sem perspectivas de um futuro melhor.
Espero que rápida e brevemente consiga uma boa solução para si.
Um beijo.
mariamartin a 6 de Setembro de 2007 às 14:23

« Mas que raio de rendimento, é esperado que alguém dê num dia e meio de trabalho? Alguém me explica!!!! »

não questiones isso desta forma, pois de nada vale questionarem-se falsas razões.

não to explico - apresento-te apenas um de muitos cenários plausíveis :

um medíocre admite-te ao serviço pretendendo demonstrar ter poder de decisão e, no dia seguinte, alguém acima dele mostra-lhe que ele não tem esse poder de decisão, obrigando-o a demitir-te.

mais que "surreais" (como alguém disse) as lutas por poder e os jogos (pseudo)políticos dentro de muitas empresas são do mais execrável e ridículo que se possa imaginar, brincando-se com as vidas de terceiros sem pingo de decência e/ou maturidade!

inspira fundo
(mas por favor... num sítio onde o ar não esteja podre)

beijos
sextrip a 6 de Setembro de 2007 às 23:47

Claro que desde logo percebi que as razões, não seriam obviamente essas. Por isso, ter colocado essa questão do rendimento esperado.

Outra razão existirá certamente...

A possível razão, por ti apresentada, seria uma razão a ponderar, caso eu não tivesse sido admitida pelo próprio dono da empresa.

Mas olha... se queres saber... não estou já nada preocupada com isso... Não era certamente com pessoas assim que eu queria trabalhar...

Claro que respirei fundo, e num sitio muito limpinho

Beijos

«... seria uma razão a ponderar, caso eu não tivesse sido admitida pelo próprio dono da empresa.»

- hoje lá admiti uma técnica de contas... tinha mesmo de ser.

- eh pá... oh horácio !!! atão tu fizeste isso e nem me disseste nada pá ?!? atão, não tenho lá a minha filha desempregada, pá ?!?

- ah sim ?!? eh pá, mas eu nã sabia !!!...

- pois pá!... a miúda precisa de emprego.

- ah, mas nã te preocupes... eu amanhã despacho aquela e vai pra lá a tua... tá combinado.

- eh pá!!! és um gajo muita porreiro!!! obrigadinho oh horácio...


(2nd. plausible reason)

« Não era certamente com pessoas assim que eu queria trabalhar...»

yep!!!
sextrip a 7 de Setembro de 2007 às 17:10

Pois... Esta já me parece melhor...

Ou melhor... Foi nesta mesmo que eu pensei.

Beijinhos

é com cada uma...só mesmo neste país, não desanimes continua a lutar:)beijos
Madeirense Marafada a 7 de Setembro de 2007 às 01:11

Olá Madeirense Marafada

Sê bem vinda aqui ao meu cantinho.

Cá por estas bandas (país), e por outras também, há muita gente mal formada.

Desanimar?!?! Eu?!?!
Nem por sombras... Não sou mulher de desânimos...

Mas muito obrigado pela força!!!

Beijinhos

é assim mesmo;)bom fim de semana
Madeirense Marafada a 22 de Setembro de 2007 às 18:39

Há males que vêm por bem. Provavelmente arranjás algo bem melhor.... Beijo.
Maaf a 25 de Setembro de 2007 às 15:04

Parece até que já arranjei.

Começo dia 1.

Beijo

Que Bom, Parabéns... Break a leg...
Maaf a 25 de Setembro de 2007 às 16:02

Desabafos de uma mulher de 30 e tal anos que agora já está nos entas
mais sobre mim
Agosto 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10

12
13
14
15
16
17
18

19
20
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


pesquisar neste blog
 
blogs SAPO