Segunda-feira, 28 de Julho de 2008

 

Será impressão minha, ou estamos a voltar ao mesmo????

 

Quero tanto que seja só cansaço. Que seja só uma impressão. Que não seja nada disto. Que seja só mais um filme.

 

Já fiz esse caminho tanta vezes, que às vezes todos os outros me parecem ser iguais. Espero que desta vez seja um engano.

 

Por mim, por ti, por nós, quero tanto estar enganada. Não sei se aguento mais uma desilusão.


sinto-me:

publicado por sopro-do-coracao às 14:51
Sábado, 26 de Abril de 2008
Foi o mês passado que fez um ano que aqui cheguei. Confesso que nem me lembrei disso, até há uns dias. Estava numa conversa e mencionei este meu cantinho, e foi aí que me veio à memória que já tinha um ano.

Como não podia deixar de ser, resolvi fazer uma Demonstração de Resultados deste meu ultimo ano, afim de apurar o Resultado Líquido deste ano. Resolvi relembrar tudo o que de bom me aconteceu, e tudo o que de menos bom se passou.

Comecei pelas coisas menos boas....

- A minha relação com o meu marido esteve em sério risco. E muita coisa aconteceu à volta desta situação.
- Estive 4 meses sem trabalho, o que causou um forte abalo na tesouraria cá de casa (ainda me estou a recompor).
- Tive um emprego relâmpago (1 dia e meio), que terminou, porque eu não estava a dar o rendimentos esperado (pois...pois...).
- A minha princesa sofreu um grande desgosto, ao não entrar na escola que pretendia. E isto depois de anos de trabalho, e um ano de muito mais trabalho ainda.

Depois vieram as coisas boas...

- Iniciei este cantinho, e com ele "conheci" muita gente interessante e simpática. Com uns desenvolvi uma relação de amizade (virtual), com outros apenas troquei algumas palavras.
- Vi o meu menino crescer e evoluir, e tornar-se um rapazinho de 5 anos cheio de vida e de reguilice (como se espera).
- A minha princesa, cresceu e amadureceu. Fez a sua estreia como (aprendiz de) bailarina, num espectáculo com uma companhia de dança profissional. E teve a sua primeira experiência longe de casa.
- A minha relação, com o meu marido, está mais estável e próxima daquilo que eu preciso para ser feliz.
- Consegui, finalmente, um emprego num local agradável, e que me satisfaz.

Chorei e sorri.

Mas no final, ainda faltava fazer as contas, e verificar qual tinha sido o resultado...

Somei todas as coisas menos boas. E somei todas as menos boas. E subtrai umas às outras. No final, obtive um resultado liquido bastante favorável. Foi um bom ano.

Porque afinal de contas, sorri muito mais do que chorei.

sinto-me: Bem... muito bem
música: Edith Piaff - Non, je ne regrette rien

publicado por sopro-do-coracao às 17:32
Quarta-feira, 26 de Março de 2008

Ao ouvir esta canção, e tomar atenção ao que diz, percebi que é tudo o que eu queria ouvir...

Ne me quite pas

Il faut oublier

Tout peut s'oublier

Qui s'enfuit déjá

Oublier les temps

Des malentendus

Et le temps perdu

À savoir comment

Oublier ces heures

Qui tuaient pafois

À coups de pourquoi

Le coeur du bonheure

Ne me quite pas

Ne me quite pas

Ne me quite pas

Ne me quite pas

-o-

Moi je t'offrirai

Des perles de pluie

Venues de pays

Où il ne pleut pas

Je creuserai la terre

Jusqu'aprés ma mort

Pour couvrir ton corps

D'or et de lumièrre

Je ferrai un domaine

Où l'amour sera roi

Où l'amour sera loi

Où tu seras reine

Ne me quite pas

Ne me quite pas

Ne me quite pas

Ne me quite pas

-o-

Ne me quite pas

Je t'inventerai

Des mots insensés

Que tu comprendras

Je te parlerai

De ces amants là

Qui ont vu deux fois

Leurs coeurs s'embrasser

Je te raconterai

L'histoire de ce roi

Mort de n'avoir pas

Pu te rencontrer

Ne me quite pas

Ne me quite pas

Ne me quite pas

Ne me quite pas

-o-

On a vu souvent

Rejaillir le feu

De l'ancien volcan

Qu'on croyait trop vieux

Il est paraît-il

Des terres brûleés

Donnant plus de blé

Qu'un meilleur avril

Et quand vient le soir

pour qu'un ciel flamboie

Le rouge et le noir

Ne s'épousent-ils pas

Ne me quite pas

Ne me quite pas

Ne me quite pas

Ne me quite pas

-o-

Ne me quite pas

Je ne veux pleus pleurer

Je ne veux plus parler

Je me cacherai lá

À te regarder

Danser et sourire

Et à t'écouter

Chanter et puis rire

Laisse-moi devenir

L'ombre de ton ombre

L'ombre de ta main

L'ombre de ton chien

Ne me quite pas

Ne me quite pas

Ne me quite pas

Ne me quite pas


sinto-me: Nem sei
música: Ne me quite pas - Jacques Brel

publicado por sopro-do-coracao às 14:15
Sexta-feira, 21 de Dezembro de 2007

  

 

A todos os que passam por aqui...

 

 

Aqueles que são especiais...

 

 

Um Santo e Feliz Natal.

 



publicado por sopro-do-coracao às 16:23
Quinta-feira, 20 de Dezembro de 2007

Estou com algum medo de estar a ficar viciada em testes.

 

Mais um da Rádio Comercial...

 

E não é que:

 

 

O QUE É QUE O PAI NATAL LHE VAI TRAZER ESTE ANO?
Você vai receber um fabuloso automóvel:

Você nasceu com o rabiosque virado para a Lua! É alguém destinado a coisas boas, sejam elas materiais ou emocionais. Está  sempre rodeado por quem goste de si.

 

 

 

A isto (do carro) só tenho uma coisa a dizer...

 

Era bom era

 

 


tags: ,
sinto-me: Bom disposta

publicado por sopro-do-coracao às 17:27

Porque o raio dos números e das letras nos comentários, me estão a irritar, decidi tirá-los.

 

 

Pronto!!!!

 

 

 

 

Está muito melhor assim!!!!



publicado por sopro-do-coracao às 15:57

Há momentos em que olho para o meu menino e ele me parece perfeitamente normal (não gosto nada desta palavra - Normal). Brinca, ri, chora, interage, reage da forma esperada.

 

Mas depois, vêm os outros momentos... Em que não nos olha nos olhos, não nos deixa tocar-lhe, reage exageradamente às situações, as estereotipias , as rotinas, o ignorar-nos...

E são estes momentos que me chamam à realidade. O meu menino tem uma perturbação do espectro autista. O meu menino tem Síndrome de Asperger .

 

E viver nesse mundo não é fácil. Há as dúvidas que me assolam todos os dias. Que na realidade se traduzem numa só: Será que ele vai conseguir ter uma vida autónoma ?

 

Se há momentos em que acho que sim, outros acho que não.

 

O meu menino, para além das fracas competências sociais , tem um desenvolvimento emocional abaixo do que seria esperado para uma criança da idade dele. Como diz o Asper aqui, com o avançar da idade, a tolerância aos comportamentos desajustados é cada vez maior.  E isso assusta-me. Tanto.

 

No entanto, procuro não pensar nisso. Procuro viver um dia  de cada vez. Pois só assim, acredito, conseguir ajudar o meu filho. De nada me serve viver atormentada com um futuro do qual nada sei.

 

 

 



publicado por sopro-do-coracao às 13:45
Em resposta ao desafio da Maaf ...
BENS MATERIAIS

 

Tanta vez te perguntam por tuas aspirações espirituais, afectivas, familiares e de carreira.

Tornou-se anti social perguntar por nossos desejos materiais, como se isso não fizesse parte de nossa vida, como fosse até vergonhoso falar em tal assunto.

Assim aqui vão cinco formas de ver cinco bens materiais.

Passa-os a cinco amigos também.

 

a) 5 bens materiais QUE TIVESTE NO PASSADO.

Já não os tens e sentes saudades ou nostalgia por eles.

1. O meu querido Renault Clio comercial. Foi o primeiro carro a que pude chamar de meu. Vendi-o porque a família cresceu...

2. A minha máquina fotográfica Zenit . Roubaram-ma.

3. Um boneco que chorava, que o meu pai me trouxe de França. Perdido algures...

4. A minha primeira bicicleta. Foi nela que aprendi a andar. Não faço ideia do que lhe aconteceu.

5. Uns ténis sanjo . Desfizeram-se.

 

b) 5 bens materiais QUE POSSUIS ACTUALMENTE .

Que mais gostas e não vives sem.

(opcional: porquê?)

1. O meu carro. Leva-me a todo o lado.

2. Os meus livros. Porque sim...

3. O meu pc .

4. A minha casa. É o meu mundo.

5. A minha colecção de lingerie. 

 

c) 5 bens materiais QUE PENSAS EM ADQUIRIR.

Nos  próximos 5 anos.

(opcional: porque não os adquiriste antes?)

1. Um carro novo ao marido. O dele está precisar de reforma.

2. Mais lingerie...

3. Um sofá novo

4. Um pc novo (o meu já está muito velhinho)

5. Mais lingerie...

 

d) 5 bens materiais QUE GOSTASTE DE OFERECER.

A cinco pessoas diferentes.

(opcional: porquê?)

1. O primeiro par de sapatilhas de pontas à minha filha. Saiu da loja com elas no saco, mas trazia-as nos pés...

2. A Nintendo DS ao meu filho. Adorou!!!

3. Um telemóvel (há 7 anos atrás) à minha afilhada. Não estava à espera.

4. Os livros que ofereci.

5. Todas as que ofereci às pessoas que amo.

 

e) 5 bens materiais QUE SONHAS EM TER.

Mas que sabes não vir a adquirir

1. Uma casa na minha terrinha (são caras como o raio) 

2. E mais nada...

3. Não sou muito de sonhar...

4. Com o que sei...

5. Nunca poder ter!

 

 

Agora é a vez de escolher 5...

 

São eles...

 

-Gomesh ;

-As incertezas de uma amante;

-[جوس];

-Estreladosul e

-Vida de casado

 

 



publicado por sopro-do-coracao às 13:33
Segunda-feira, 03 de Dezembro de 2007

Não sou grande fã de testes de personalidade (será porque a palavra teste, me lembra os tempos de escola?!?!).

 

Mas, hoje de manhã, quando vinha para o trabalho, a ouvir a Rádio Comercial, falaram num teste de personalidade que está disponivel no site da rádio.  QUE PERSONAGM INFANTIL É VOCÊ?

 

Achei piada, e resolvi experimentar.

 

E o que saíu... 

Você é  a Abelha Maia:

Você é ainda algo old school, nostálgico e retro. Mesmo assim, consegue ter igualmente uma alma aventureira, curiosa e sempre capaz de apostar num reinício.

 

(Devo confessar, que fiquei um bocadinho angustiada com tal resultado. A primeira coisa que em veio à ideia, foi a aventura dela com o Calimero.)

 

Para além deste, há lá mais. Se quiserem deêm aqui  uma espreitadela.



publicado por sopro-do-coracao às 13:35

Fui nomeada... E desta vez, dizem que sou BNC...

 

Tal distinção veio pela mão do meu querido Gomesh.

 

E por vir dele deixa-me particularmente bem disposta, tal distinção.

 

Muito obrigado meu querido!!!

 

Agora deveria nomear 5. Mas,  todos os que eu gosto de ler, e abordam o tema sexo, de uma forma interessante (logo nomeáveis com tal prémio), já receberam o dito prémio (e alguns mais do que uma vez). Resolvi não nomear ninguém em especial, mas todos em geral. Porque, todos somos BNC. Em algumas ocasiões seremos melhores que noutras, mas todos somos BNC.

 

 



publicado por sopro-do-coracao às 13:24
Desabafos de uma mulher de 30 e tal anos que agora já está nos entas
mais sobre mim
Setembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
23
24

25
28
29
30


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
blogs SAPO